segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

RESENHA: Cristo Jesus Homem

Essa semana terminei o primeiro livro de 2017 e como prometi a mim mesmo publicar por aqui algumas resenhas teológicas, sejam elas bem elaboradas ou nem tanto, vou publicar uma pequena resenha desse livro por aqui. Enfim, sem mais delongas, segue a resenha.


Cristo Jesus Homem é coerente com sua teologia de cunho batista, apresenta bons e elucidativos argumentos em suas explicações e tem momentos que iluminam a cabeça do seu leitor. De leitura fácil, o livro agradará bastante aqueles que procuram se aprofundar no estudo da humanidade de Cristo de forma bíblica e amarrada. Destaque para o capítulo cinco que traz diferentes abordagens sobre a relação entre Cristo e o pecado, também merece citação honrosa o primeiro capítulo. Todavia, o livro possui alguns argumentos que podem incomodar alguns leitores. Não poucas vezes, Bruce Ware sustenta uma perspectiva que beira o machismo e peca em dar uma resposta biblicamente bem fundamentada e uma reflexão teológica desse seu argumento. Outro ponto é a questão do subordinacionismo de Cristo ao Pai, uma doutrina sustentada durante todo o livro e que, ao menos para mim, é equivocada em grande parte. Enfim, o livro vale a leitura, mesmo que não seja possível concordar com o autor plenamente, simplesmente porque aborda um tema bastante negligenciado e de grande importância para o estudo teológico, a humanidade do Salvador. Portanto, se você é batista o livro será como se estivesse em casa, caso não o seja, servirá para entender como outras tradições pensam a cristologia.

Por hoje é só, espero volta antes de completar quinze dias, de qualquer forma, acompanhe o blog também na página do Facebook:  https://www.facebook.com/refletindoagracaoficial/